Com relação à administração municipal de Itapagipe, você acha que as ações da oposição:
Ajudam
Atrapalham
Não faz diferença





falecom@openhaus.com.br



17/Fev/2017 - 15:35
Cadeia de Itapagipe passa a receber presos de Campina Verde

Imagem ilustrativa

Desde 6 de fevereiro, a cadeia pública de Itapagipe foi elevada à categoria de presídio estadual. Deixou de ser responsabilidade das Polícias Civil e Militar e passou a ser administrada pela Superintendência Executiva de Administração Penitenciária (Seap). A partir de agora presos da Comarca de Campina Verde serão trazidos para Itapagipe.

 

A troca de comando, que está acontecendo em todo estado, implicou em novas regras. Mais rígidas. No primeiro dia, numa operação que contou com a participação de dezenas de agentes, todos os detentos foram retirados das celas. Uma vistoria rigorosa foi realizada. Foram encontrados e apreendidos arma artesanal, celulares e carregadores, e serras artesanais.

 

Pertences pessoais dos presos também foram recolhidos e disponibilizados a seus familiares. Os apenados receberam então uniforme, colchão, cobertor, toalha, escova de dentes e produtos de higiene, de acordo com os padrões da Seap.

 

As visitas estão suspensas e só devem ser retomadas na segunda semana de março. Neste período, os familiares que quiserem visitar algum detento precisa fazer novo cadastro e tirar sua carteirinha de visitante.

 

Atualmente 62 pessoas cumprem pena no presídio: 40 homens e 4 mulheres em regime fechado, e outros 18 albergados. De acordo com declaração do Conselho Penal Comunitário (Copeco) publicada pelo Jornal Impacto, a unidade está superlotada e, por isso, o Conselho deverá iniciar uma campanha para construir outras duas celas, para poder abrigar os presos de Campina Verde.

 

FOTO: Imagem ilustrativa