Com relação à administração municipal de Itapagipe, você acha que as ações da oposição:
Ajudam
Atrapalham
Não faz diferença





falecom@openhaus.com.br



20/Dez/2013 - 02:35
Vereadores apresentam últimas proposituras e fecham o ano com 171 indicações

Cassiano Ricardo

 

A reunião do dia 17/12 marcou o fim da sessão legislativa ordinária de 2013 da Câmara Municipal de Itapagipe. Este ano foi batido o recorde do número de indicações com pedidos de realizações encaminhados ao prefeito: 171, no total. Quatro delas foram apresentadas pelos vereadores Cráides Teodoro, Juliano Silva e Júlia Aleixa nesta última reunião ordinária do ano.

 

CRAIDES

Cráides (PSC) assinou dois pedidos. Um deles foi a instalação de bueiros na estrada que dá acesso às propriedades dos senhores Donizete José da Silva, João Valério e Ademir Carlos Silva, na região dos Talhados. 

De acordo com ele, essa estrada é a mesma onde fica a serra que ele pediu para ser calçada havia duas reuniões.

 

“Qualquer chuva que dá a estrada fica intransitável porque cria bolsões de água. Carro pequeno não passa”, relatou.

 

Outra indicação de Craidim foi a construção de sarjeta na Alameda Dona Eugênia, localizada próximo ao portão principal da Asperbras.


“Os moradores reclamam que o meio fio não foi calçado e a chuva está criando valetas”, justificou.

 

JULIANO

A terraplanagem e colocação de massa asfáltica na alameda localizada do lado de cima da Praça da COHAB, entre as ruas C e D, foi a solicitação assinada pelo vereador Juliano (PRB).

 

“Aquela via já foi asfaltada, mas a chuva já levou tudo e a água fica empossando ali e gerando muito transtorno aos que moral ali perto”, contou.

 

JULIA

Pro sua vez, Julia (PRB) propôs a contratação de mais fisioterapeutas para prestar atendimento em Itapagipe.

 

Ela afirma que, apesar de o município possuir o Centro de Fisioterapia e este ser bem equipado, a equipe de profissionais conta com poucos fisioterapeutas.

 

Segundo Julia a contratação de mais profissionais é emergente devido à enorme demanda de pacientes que necessitam de reabilitação (pacientes acamados, fraturas, pós-operatórios, derrame, AVC e de tratamentos das patologias, dores na coluna, inflamações, artroses, tendinites, bursites etc).

 

“Esse não é um pedido só da população, mas também dos próprios fisioterapeutas, que não estão conseguindo atender toda a demanda”, afirmou. “A falta de atendimento tem feito com que alguns pacientes sofram regressão de movimentos”, lamentou.

 

Recesso

A próxima reunião ordinária do Legislativo só acontecerá na primeira terça de fevereiro, já que janeiro é mês de recesso. Reunião antes disso, só se for convocada uma extraordinária.